Skip to main content

Posts

Showing posts from February, 2012

DE SUNGA E MOCHILA NAS COSTAS

DE BICICLETA A NOITE

CORRENDO NA MATA

Estava no que seria uma mata. Havia algumas pessoas correndo atrás de mim. Eu corria o mais que podia, mas as pessoas já estavam quase me alcançando. Nisto o Fernando veio voando e passou por mim. Depois veio em minha direção. Peguei nos pés dele e dei um giro de 360 graus. Ao fazer isto, o Fernando foi derrubando todas as pessoas que estavam já próximas de mim. Joguei-o para cima e quando ele veio descendo novamente, peguei nos pés dele e fiz a mesma coisa, derrubando todas as outras pessoas que me seguia. Depois de deixar todos no chão, joguei novamente o Fernando para cima. Ele saiu voando e fui indo embora.

ENCURRADO PELOS CACHORROS

Estava andando por um passeio de uma rua. Estava anoitecendo. Havia algumas pessoas ali. Havia vários cachorros latindo. Nisto estes cachorros começaram a correr atrás de mim. Sai correndo e subi em uma coluna de concreto que havia na beira daquele passeio. Eram várias colunas, todas de um metro e meio de altura mais ou menos, quadrada, de uns trinta centímetros. Elas ficavam distantes umas das outras uns 10 metros. Fiquei ali em cima e os muitos cachorros latindo, tentando pular nesta coluna em cima de mim. Nisto chegou um casal e disse que haviam mandado colunas aquelas colunas ali, justamente para que a gente pudesse se salvar dos cachorros. Era a única maneira de eles não nos pegarem. Então disse a mulher se não seria mais fácil ela prender os cachorros. Ela disse que não havia pensando nisto.

A ESCADA NO TELHADO

FAZENDO EMPRÉSTIMO BANCÁRIO

INAUGURAÇÃO DE LOJA