Friday, January 18

CAPOTANDO O CARRO COM GALVÃO BUENO E CASAGRANDE

Estava dirigindo um carro em alta velocidade. Estava chovendo muito. Eu derrapava na pista, mas continuava dirigindo em alta velocidade. Atras de mim estava um carro com o Galvão Bueno dirigindo e ao seu lado o Casagrande. Então, numa curva eu derrapei e capotei o carro. Nisto eu vi o Galvão Bueno dizer ao Casagrande que não iria tentar me socorrer, porque eu estava correndo de propósito. Então o Casagrande disse que deveria me salvar sim, porque eu poderia ter caído em uma grande poça de a água e estar me afogando. Então eu me imaginei me afogando. Mas o carro do Galvão Bueno continuou e não parou para me socorrer. Consegui sair dali e fui ate uma concessionaria e peguei um carro novo que eu tinha comprado. Estava indo para a praia. Nisto, a Estrada terminou numa casa. Eu não sabia para onde ir. Uma pessoa que estava ali me disse que a estrada passava dentro da casa e continuava do outro lado. Eu entrei na casa, para ver onde estava a estrada,. Ela passava por debaixo da casa. Então eu disse que nem uma criança de colo conseguiria passar ali, quanto mais um carro. Nisto chegou outra pessoa, e me disse que a estrada continuava no outro quarteirão. Sai com o carro e encontrei a estrada. Nisto eu lembrei que eu deveria estar trabalhando. Nisto lembrei que eu havia dito para mim mesmo, que ia aproveitar e vida e não me importaria com o trabalho. Sai dirigindo o carro ate que encontrei a Rita e a Nathalia. A Rita disse que eu não podia ir para a praia, que eu não conseguiria dirigir o carro até lá. Então eu disse que iria pedir ao grilo que me levasse até lá, viesse no carro de volta e depois me buscasse. Então lembrei que meu carro era zero quilômetro e desisti de pedir ao Grilo para me levar.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS