Tuesday, January 15

ANDANDO NOS BURACOS

Estava num local, que parecia um passeio, só que era bem largo e comprido. Eu andava por este passeio, que tinha vários buracos pequenos. Eu ia andando e pisando exatamente nestes buracos. Mas os buracos iam ficando cada vez mais longe um do outro. Eu tinha que dar um passo bem comprido. Depois eu dava um pulo e deslocava uns 10 metros no ar. Caia no buraco seguinte. Ate que o passeio terminou numa rua toda feita de espelho. Eu via meu reflexo lá, só que não era eu.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS