Skip to main content

A ÁRVORE DOS OBJETOS

Estava em baixo de uma árvore, juntamente com um homem, que ficava mexendo em um objeto no qual segurava. Esta árvore tinha três coisas penduradas. Eram do tamanho de uma manga, mas não era fruta. Estes três objetos estavam embrulhados num papel de pão. Eu sabia que aqueles objetos eram meus. Nisto chegou a Jaqueline e este homem pediu a ela para colher os três objetos. Eu então fui saindo sem que a Jaqueline me visse. Quando eu caminhava, a Jaqueline já estava me esperando um pouco a frente. Ela então me perguntou porque eu não disse que aqueles objetos eram meus. Eu disse que era para ela não ficar com raiva e dizer coisas que se arrependeria depois, por isto não tinha dito. Então eu a chamei para ir ate uma outra árvore, onde estavam tudo que ela tinha me dado, porque eu iria devolver tudo para ela.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO