Monday, March 10

BATENDO O RECORD E NA PRAIA

Estava numa praia. Havia uma criança brincando com carrinhos de plástico. Nisto chegaram os pais dela e viram um carrinho dentro de um buraco na areia. Eu disse aos pais dele, que ele tinha batido o recorde de jogar carrinho dentro do buraco. Não levou nem um segundo, quando ele viu o buraco. Os pais dele saíram dali. Nós começamos a rir muito e este menino falava em inglês. Ele gritava no meu ouvido e eu no dele. A gente ria muito, depois o tal menino começou a falar em português. Ficamos deitados ali na praia rindo, gritando um no ouvido do outro. Mas quanto mais a gente gritava, mais eu não ouvia som nenhum. Havia uma espécie de bueiro quadrado que tinha uns 50 centímetros de largura. Ele estava entupido e com água quase na borda. Nisto um homem jogou uma espécie de granada, para explodir e desentupir o tal bueiro. Ela não explodiu, porque a água amorteceu a queda. Nisto chegou um homem de terno e gravata e ficou olhando dentro deste bueiro. Então o tal homem que tinha jogado a granada, jogou outra. Quando uma acertou a outra, ambas explodiram e espirrou água no tal homem de terno que saiu se limpando.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS