Saturday, May 1

ESQUINA DO FERRO EM "U"

Estava dentro de um lote, que ficava numa esquina de uma rua, onde passavam muitos carros. A entrada do lote era bem na esquina, e o portão era tipo garagem. Bem na esquina, no passeio, havia uma peça de ferro fincada, que deveria ter um metro de altura. Esta peça parecia um trilho de ferrovia. Em cima desta peça tinha outra, de uns 10 centímetros, só que estava deitada. Parecia um ferro em “U”, que tinha uns 10 centímetros de comprimento por uns 5 centímetros de largura e altura. O lote era plano até o meio. Do meio para trás, ele tinha uma ribanceira, que deveria ter uns 5 metros de altura. Descendo esta ribanceira, que era de uma terra fofa, tinha uma pequena construção, que ficava com a lateral virada para o portão de entrada. Nisto, uma mulher que trabalhava ali, foi até esta peça que estava fincada no passeio, começou a puxar um ferro em “U”, no formato do que estava em cima da peça fincada. Não sei de onde o ferro saia. Sei que ela foi puxando o tal ferro, em direção a rua. Os carros pararam, pois ela, puxando aquela peça, os impedia de circularem. Ela então fez sinal para mim, dizendo que já tinha puxado 10 metros e era para eu ajudá-la a tirar a peça em “U”. Fui até aquela peça fincada, peguei a ponta do ferro em “U” e sai para dentro lote, onde colocamos a peça. Acho que o ferro saia do chão, através daquela peça fincada no passeio. Depois fui até aquela construção que tinha no fundo do lote. Chegando lá, um homem pediu para eu puxar um ferro, deste usado em construção, para fazer armação de laje, ou similar. Sai arrastando aquele ferro, que era bem comprido. Quando comecei a subir a ribanceira, por a terra ser fofa, eu não conseguia subir. Eu fazia muita força, mas não conseguia subir. Olhei para a construção do fundo, vi que de tanto puxarem ferro ali, ele havia, aos poucos, cortando o tijolo da construção, que fica rente ao chão. O tal ferro entrou nesta fenda e eu não consegui puxá-lo. Fui fazendo força, meu pé atolando na terra fofa e nada de eu conseguir puxar o tal ferro.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS