OS SONHOS QUE SONHEI - THE DREAMS I DREAM.: A cama na faculdade - A cama que eu iria dormir ficava na porta da faculdade e o banheiro era anexado na cama. (Por: Fernando Cesar)

A cama na faculdade - A cama que eu iria dormir ficava na porta da faculdade e o banheiro era anexado na cama. (Por: Fernando Cesar)




A cama que eu iria dormir ficava na porta da faculdade e o banheiro era anexado na cama. Doido demais
Estava em um local que parecia ser afastado da cidade.
Havia uma casa grande. Fui pra o quarto dormir e a cama em que eu iria dormir ficava ao lado de outra igual e do mesmo tamanho. Minha cama tinha uns seis metros de comprimento por uns três de largura. Deitei nesta cama e uma outra pessoas deitou na outra. Nisto me deu vontade de ir ao banheiro. Então vi que o vaso sanitário ficava ali na cama mesmo. O vaso ficava bem na lateral da cama e encostado na cabeceira desta. A tampa do vaso era feita da mesma madeira da cama. O vaso ficava ao nível do colchão da cama. 
Então fui sentar no vaso e vi que sentando no vaso a gente ficava com as pernas esticadas. Olhei para o lado e vi uma parede que começava a uns dois metros do chão e era bem alta. Por baixo desta abertura da parede pode-se ver várias pessoas passando. Vi então que era a entrada da faculdade e era os alunos indo para aula. Achei que algum deste alunos poderia me ver usando o vaso, mas depois vi que a tábua da lateral da cama, do lado que tinha o vaso era mais alta uns cinquenta centímetros, assim sendo, os alunos que entravam na faculdade não poderiam me ver. Então usei o banheiro normalmente, visto que nenhum outra pessoa poderia me ver.

Valeu gente. Até o próximo sonho

Você também poderá gostar:

Imagem

RIO MANSO, MINAS GERAIS - Rio Manso, Cidade linda, pacata, de grande área de preservação ambiental, com seu núcleo urbano localizado num planalto, cercado por montanhas e uma natureza esplêndida, na qual se ouve o cantar dos pássaros. Na gastronomia, destacam-se a broa das almas. Feita com coalhada fermentada no milho, o frango com quiabo, o frango com ora-pro-nóbis, o artesanato de tapeçaria, o tear, o bordado, o tricô e o crochê. Seus pontos turísticos são: Praça Fortunato Campos, Prainha de Bernadas, lajinha de Grotas, Mirante no Viamão, árvore centenária de Pequi no distrito de Souza, Cruzeiros Cachoeiras do Morro da Onça, Cachoeira do Zé velho, cachoeiras das Sete Quedas e represa da Copasa.

Imagem

ITAUBAL, AMAPÁ - A herança cultural paraense e amapaense se fundem e se complementam, já que historicamente o Estado do Pará e o Amapá faziam parte da mesma área geográfica. Essa similaridade faz com que muito paraenses acabem imigrando para o Estado do Amapá e aqui encontrem ambiente semelhante ao que viviam, entre eles, o Marajó. Venha conhecer o Festival dos Marajoaras que se dividi em religioso e profano, recheado de desfiles, feira de artefato, festa dançante e a tradicional corrida de cavalos.



A PAIXÃO DE IR CADA VEZ MAIS LONGE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe registrado aqui os sonhos que você sonhou essa noite