Saturday, October 13

DE CAMISA RASGADA PELAS RUAS

Estava numa sala, parecendo consultório dentário. Tinha uma pessoa sentada na cadeira. Nisto chegou um homem de uns 60 anos mais ou menos, e me disse que tinha comprado a clinica. Eu então fiquei satisfeito, rindo muito e disse que gostava dele porque ele era assim, decidido. Então mostrei minha mão para o homem que estava sentado na cadeira. Minha mão estava retorcendo, parecendo que tinha câimbra nos dedos. Fui para uma cama, parecendo uma cama de hospital. Não tinha ninguém por perto. Eu levantei e não conseguia lembrar de como fui para ali. Sai andando e fui indo para casa. No caminho vi que eu estava usando uma camisa preta, florida. Esta camisa estava rasgada na lateral, de cima ate embaixo do braço. Eu então pensei que eu deveria ter tido um enfarte ou derrame e por isto me levaram para o hospital. Então voltei lá, para saber o que tinha ocorrido. Quando ia pelo corredor, para entrar na ala dos quartos, tinham três vigias. Eu então disse a um deles que eu estava internado ali. Ele não acreditou. Eu então pedi para chamar o Doutor Alair, pois eu o conhecia e ele poderia dizer o que eu fazia ali.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS