Skip to main content

A VALA DA RUA RIO DE JANEIRO

-->
Estava em um mini carro. Ele tinha o tamanho de um carrinho de brinquedos, destes em que a criança senta e com os pés dentro do carrinho toca o pedal que o faz andar. Ia dirigindo este carrinho, sentado de lado nele, pois não cabia dentro do local para sentar, por uma rua em direção à Rua Rio de Janeiro. A rua em que eu estava era descalça e tinha muitos buracos. Quando cheguei à Rua Rio de Janeiro, havia no meio desta, uma vala profunda, que dividia a rua em duas. Fui pelo lado de fora desta vala, subindo a rua, tentando encontrar uma parte da rua que não tivesse vala. Depois de andar um tempo, não conseguia ver um trecho sem a tal vala. 

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO