Sunday, December 14

CORRENDO DE ASSALTANTES

Estava em minha casa, era noite. peguei um pedaço de papel e fui escrever algo, que não lembro. O papel tinha muita coisa escrita, então escrevi num cantinho do papel. Sai dali e quando cheguei à esquina da Rua Minas Gerais com Vinte e Hum de Abril, vi que eu estava carregando um pano de prato na mão, e não o papel que eu tinha escrito algo. Enfiei a mão em meu bolso para procurar o papel e vi que tinha outro pano de prato em meu bolso, mas o papel estava lá também. Nisto percebi que vinha duas pessoas atrás de mim. Eu pensei que fossem assaltantes, então voltei correndo, passando por eles. Ao correr, vi que tinha outro homem um pouco mais a frente. Passei correndo por ele também, só que ele veio correndo atrás de mim. Quando eu atravessei a rua, ele ja não me seguia.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS