Wednesday, May 12

A CRIANÇA, A GALINHA E O ALÇAPÃO

Estava na sala de uma casa, que ficava suspensa. No canto desta sala, não havia parede. Estava junto a uma mulher e uma criança que deveria ter uns 6 meses. Esta criança foi até este canto da sala e quando foi caindo, corri e a segurei pelo braço. Fiquei deitado, segurando a criança pendurada, pelo braço. Pedi a ajuda a tal mulher, que continuava sentada. Então disse que não conseguia mais segurar a criança, que ela poderia cair. Mas a mulher nada fez. Então balancei a criança e depois num esforço grande, joguei-a dentro da sala novamente. Para sair daquela sala, tinha que se subir num pequeno alçapão. Fiz isto para ir embora. Quando sai, cheguei num terreiro grande, onde havia um cercado e algumas pessoas. Entrei neste cercado e peguei uma caixa onde uma galinha carijó estava. Sai dizendo para aquelas pessoa que iria levar a galinha. Nisto vi que além da galinha, havia vários pintinhos dentro da caixa. Eram os ovos que a galinha tinha chocado. Então retornei com a caixa, dizendo que não podia levar aqueles pintinhos, e que deixaria a caixa ali. Fui indo embora, quando cheguei ao mesmo alçapão e pulei dentro da sala. A tal criança de seis meses, estava conversando com a tal mulher, como se fosse um adulto. Perguntei a tal mulher quantos anos mesmo, tinha aquela criança. Ela então disse não saber, porque não conhecia aquela criança.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS