Tuesday, October 26

ANDORINHAS CISCANDO ARROZ



Estava dentro de uma sala, de uma casa que não sei onde ficava. Da janela lateral, via uma máquina muito grande, que jogava umas bolas grandes, feitas de barro, dentro de um recipiente, que as transformavam em andorinhas de barro. Estas andorinhas eram para serem vendidas pela ONU, para arrecadar dinheiro. Fui para outra janela, que dava apara a casa vizinha. A janela ficava mais ou menos um metro do muro da casa vizinha, que também tinha ali uma janela. Quando cheguei nesta janela, via alguns homens vestidos de azul, limpando a tal casa. Sabia que eles eram de uma empresa que fazia limpeza em casa, antes das pessoas se mudarem. Fiquei na janela olhando, até que vi um dos homens, jogando lixo para a casa onde eu estava. Fiz sinal com as mãos, para o que limpava a janela de frente a minha. Reclamado de mandarem lixo ali. Ele falou algo com o homem que mandou o lixo, e ficaram rindo. Então fui para o canto da sala, olhando para a janela. Nisto, vi as casa onde os homens limpavam, se deslocando, como se eu estivesse dentro de um trem, e a gente vendo a paisagem passar. Fui vendo a casa passando, os homens limpando La dentro, até chegar à rua. Depois foi voltando, e fui vendo tudo novamente. Ai parou. Então imaginei que o trem tivesse tido algum problema. Sai dali e fui até outra janela, onde havia uma caixinha do tamanho da palma de uma mão. Lá dentro havia arroz e uma andorinha de barro. Aquelas que eram feitas pela máquina grande. A gente sacudia a caixinha e a andorinha ficava aparecendo que ciscava o arroz. Desci por aquela janela, atrás de uma pessoa que desceu também. Fui balançando a caixinha. Nisto vi uns 15 homens vestido de azul, que pertenciam àquela empresa de limpeza. Achei que estava pagando mico, ficando sacudindo aquela caixinha, e resolvi voltar. Só que eu não conseguia subir na janela. Por mais que eu tentasse, não conseguia, a janela estava meio alta. Pensei em ir embora e deixar tudo meu ali, do jeito que estava. Mas então decide jogar a caixinha com arroz e andorinha pela janela, para depois subir, porque com ela na mão, eu não estava conseguindo. Mesmo assim, tive que fazer muito esforço para subir. Mas consegui subir na janela e ir para dentro da casa.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS