Thursday, April 25

A CAFETEIRA DE PASSAR ROUPAS

-->

Estava na casa da Dona Judity, segurando uma criança no colo. A dona Judity queria que eu passasse roupas para ela. O local onde deveria passar roupa era parecido com uma mesa, só que o tampo desta mesa era rebaixado. Ele ficava a uns dez centímetros abaixo das beiradas. Dona Judity me entregou o ferro de passar roupas, que estava muito quente. O ferro era na verdade aquelas cafeteiras domésticas. O café que estava no jarro seria a água para fazer vapor. O jarro estava pela metade com café. Como estava muito quente e eu segurava uma criança, quase deixei este ferro cair, mas consegui colocá-lo em cima da mesa onde eu passaria a roupa. Dona Judity procurava em muitas roupas que ela havia colocado em cima da mesa, quais eu deveria passar. Disse a ela que a mesa era de vidro e tinha muito peso em cima e poderia quebrar. Ela disse que sempre colocava muito peso ali e nunca nada tinha acontecido. Fiquei ali segurando  a criança esperando a Dona Judity separa as roupas que eu deveria passar.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS