Saturday, April 13

DA JENELA DE FRENTE

-->

Estava em meu local de trabalho. Havia algumas pessoas trabalhando ali, e elas falavam muito e o tempo todo. Me deu vontade de ir ao banheiro urinar. Fui onde seria o banheiro e vi que a porta da frente do banheiro, que deveria ter uns três metros de largura, estava totalmente aberta. Geralmente, somente uma banda da porta fica aberta. Cheguei perto da porta e fechei uma banda, com o era de costume ficar. Tinha uma cadeira ali, que era do vigia do banheiro ficar sentado. Mas ele não estava ali. Esta cadeira tinha apenas três pés. Encostei a cadeira na conta da porta que fechei e entrei no banheiro. Quando entrei, vi que não havia mais paredes naquele banheiro. Tinham tirado toda a parede em volta do mesmo, ficando apenas a da frente onde  a porta estava. Vi que o vaso sanitário estava ali, só que ele era retangular, devendo ter um metro por meio metro, e feito de cimento. Vi que toda a área em volta estava coberta de mato, como num terreno abandonado. Distante uns seis metros de onde eu estava em pé, havia uma casa cujas janelas de frente e lateral, davam para este local cheio de mato. Na janela de frente tinha duas mulheres. Uma jovem e uma idosa. Eu estava de pé de frente para o que seria o vaso e para estas duas mulheres e, disse para as duas mulheres: 
__Podem ficar tranquilas. Vou fazer de costas. Elas olharam e fizeram um "Haiii" como se estivessem com nojo e foram para a outra janela que ficava na lateral. Mas depois voltaram para onde estavam. Ao ficar de costas para elas, fiquei de frente para a porta que estava aberta. Decidi então não urinar e fui embora.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS