Wednesday, May 1

A PROCURA

-->

Estava em uma mansão onde funcionavam várias igrejas. Cada quarto desta mansão era uma igreja. Estava na sala juntamente com uma criança e procurávamos por minha mãe. Depois de andar um pouco chegamos a um quarto onde era uma igrejinha bem simples. Havia o altar e os bancos para se sentar, apenas a fileira do meio, porque o quarto era pequeno. Entre estes bancos, havia um banco cama, virado para o altar e com a cabeceira um pouco mais levantada. Era como um banco de igreja mesmo só que na forma de uma cama de solteiro. Deitada neste banco, de lado, estava minha mãe. Eu e esta criança chegamos até nossa mãe, que estava com o braço apoiado sobre o cotovelo e a mão no rosto. Como a gente faz quando deita de lado e quer manter a cabeça levantada. Minha mãe perguntou o que a gente fazia ali e eu disse que a estava procurando. Ela disse que a missa já ia começar e depois ela falava comigo. Saímos dali e fomos embora.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS