Skip to main content

AS BORBOLETAS AMARELA E BRANCA

-->

Fui trancando dentro de um quadrado  tipo uma jaula. Não sei quem me trancou lá, pois quando acordei já estava ali. Fiquei de pé nesta jaula, que estava dentro de um quarto escuro, porém uma parte desta jaula estava voltada e rente a esta, para a porta deste quarto, que dava para um jardim de inverno. A jaula era a largura da porta. Enfiei o pé pela grade da jaula, mas só conseguia colocar o dedão do pé para fora, porque os quadrados de arame da jaula eram bem pequenos. Nisto vieram várias borboleta voando e entraram nesta jaula, Todos eram amarelas. No meu dedão que ficou para fora da jaula, vieram borboletas brancas e pousaram nele. Tirei o pé para que elas voassem. Quando coloquei o pé para dentro da jaula, as borboletas brancas vinham sempre tentando pousar no meu dedão. As borboletas amarelas ficavam voando dentro da jaula, mas não encostavam em mim.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO