Sunday, April 25

A PAREDE DO CÉU

Havia uma parede, que de tão comprida, não conseguia ver o início, nem o fim. De altura deveria ter uns 200 metros. Eu estava em cima desta parede, juntamente com uma mulher. Pouco acima desta parede, havia um avião, tipo Boeing, parado no ar. Da parede até o avião, havia uma escada. A tal mulher subia por esta escada, e eu ia logo atrás. Mas ela estava com dificuldades de subir, porque era gorda. Eu estava com medo de cair da escada. O vento soprava forte, eu não conseguia ver o chão, visto que as nuvens estavam passando ali perto de onde a gente estava. Comecei a empurrar a mulher, até que ela subiu no tal avião. Subi logo atrás. No momento que entrei no avião, já saí na porta traseira, andando em cima daquela parede. Só que desta vez, o avião deveria estar uns 30 metros abaixo do nível da parede de onde eu estava. Andava por aquela parede, tremendo, com medo de cair. Nisto vi que próximo ao avião, havia um balão, destes inflados com ar quente, e que levam pessoas no cesto. Nisto vi que a tal mulher tinha pulado em cima daquele balão e havia um homem, vestido de branco, resgatando a mesma. Imaginei que aquele home fosse o piloto do avião. Nisto o tal homem e a mulher, ficaram me pedindo para pular também. Mas eu temia não cair no balão e assim esborrachar lá em baixo. Eles gritavam e eu não conseguia pular de jeito nenhum. Depois disse: __Seja o que DEUS quizer. E pulei

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS