Tuesday, June 15

A DESGARGA DE GENTE E OS CACHORROS FEIOS


Estava em um campo aberto. Havia um grande gramado. Neste campo, passava a minha frente, vários cachorros, de pequeno porte. Deveria ter uns cem cachorros. Eles caminhavam calmamente em uma única direção, parecendo que seguiam alguma coisa. Eles eram todos feios e de formatos muito estranho. Tinha em forma de salsicha, de bola, quadrado, em forma de ovo. Nisto vi um cachorro, que vinha abraçado com duas cachorrinhas. Ele andava nas patas traseiras e as duas dianteiras, ele estava colocando nas costas de cada cachorrinha. Sai dali, achando aquilo tudo muito estranho, quando cheguei em um vaso sanitário, que parecia uma banheira. Ele tinha mais ou menos um metro de comprimento, era rasinho e todo branco. Havia uma pessoa com as pernas enfiada na saída do vaso. Então eu dei descarga e esta pessoa foi descendo pelo esgoto do vaso. Voltei para ver o tais cachorros, mas não vi nenhum mais. Voltei ao vaso sanitário e a Nathálya estava dentro dele. Dei descarga novamente as pernas da Nathálya entraram na saída do vaso, mas o corpo dela não passava. Continuei dando descarga e pedi a Nathalya que mexesse as pernas, para que elas se quebrassem e se soltassem do corpo dela, ai ela passaria. Ela então começou a se mexer e logo em seguida desceu descarga adentro. Sai dali indo embora, procurando pelos cachorros que não vi mais.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS