Skip to main content

RESGATE DE HELICOPTERO

Estava numa rua, que não sei qual era. Nesta rua havia alguns furos no chão, do tamanho de um abola de gude. Estes furos estavam espalhados pela rua, aleatoriamente. Quando ia andando por esta rua, saía destes furos, uma ponta fininha de aço. Ela subia uns 10 centímetros e tinha a grossura de uma agulha. Estas agulhas subiam e desciam muito rapidamente. Fiquei pulando, me desviando delas e tentando não pisar nas mesmas. Eram muitas e por toda a rua. Então decidi parar e esperar que elas não saíssem mais nos buracos, para eu poder ir embora. Mas elas não paravam de jeito nenhum. Nisto veio um helicóptero com um gancho pendurado, passou por mim. O gancho pegou na gola da minha camisa e saiu me levando dali. Chegando a um gramado tipo campo de golfe, o helicóptero me desceu até o chão e foi embora. Não via ninguém ali, apenas aquele gramado verdinho.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO