Thursday, October 11

SENTINDO FRIO NO CALOR

-->Estava em uma casa de campo. Havia várias pessoas ali e algumas crianças. Na frente da casa havia um fosso. Para passar por este fosso havia uma tábua larga de um metro de largura mais ou menos. Fui ajeitar esta tábua para passar pelo fosse e uma cobra coral que estava ali mordeu minha mãe. Depois que ela morde, pisei rapidamente nela, várias vezes. Mas ainda assim ela saiu se contorcendo e caiu dentro deste fosso. Minha mãe estava sentada em uma cadeira próximo dali. Fui correndo até ela, disse que uma cobra tinha me mordido e mostrei minha mãe. Minha mãe disse que não havia problemas que não era nada. Disse a ela que a cobra era coral. Ela então disse que ela não era venenosa. Sai dali e fui para um cômodo que ficava do lado de fora da casa. A Bete do Paulinho estava ali juntamente com outras pessoas. Eu ia ajudá-los em algo. Nisto comecei a sentir muito frio. Disse para a Bete que ia lá dentro de casa pegar uma blusa. Ela começou a rir dizendo que estava um calor danado. Mas eu estava sentido frio e fui buscar a blusa. Então lembrei que poderia ser o veneno da cobra fazendo efeito. Então imaginei que eu estava perdido e não dava tempo de fazer mais nada.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS