Skip to main content

O CARANGUEJO DRAGÃO

-->
Estava em um corredor do que seria um hotel. Este corredor era bem comprido e a mesa onde ficava o atendente ficava bem no fundo deste corredor, bem como o acesso as escadas e corredores. Estava ao lado do atendente quando alguém começou a gritar e correr, pedindo para fechar todas as portas ant-acesso. Era como se fossem portas ant-chamas. Elas impediam o acesso de qualquer pessoa. Quando olhei o motivo de tudo aquilo, vi o que eles chamavam de dragão verde. Era um bicho que tinha o tamanho de uma bola de futebol. Tinha uma garra igual a pinça maior que te os caranguejos. O corpo parecia com um sapo e era todo verde. Eles diziam que aquele monstro era capaz de destruir tudo e todos. Então saímos correndo, eu, o  atendente e a pessoa que gritava, para dentro deste hotel e começamos a fechar as pontas anti-acesso. Este bicho andava se arrastando e muito devagar. Não sei por que, mas agente corria para fechar as portas o mais rápido possível. Nisto o atendente lembrou que a porta que fica nos fundos de onde ele estava não tinha sido fechada. Alguém teria que ir lá fechar. Então eu disse que não precisava contar comigo porque eu não iria lá de jeito nenhum. Mas eles  insistiam eu fechar a tal porta. Então fui fazer isto e quando cheguei nesta porta, vi que o tal monstro ainda estava longe da porta e caminha lentamente. Fiquei tentando imaginar como aquela criatura tão pequena pudesse fazer alguma destruição.

Comments

Popular posts from this blog

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO