Sunday, May 25

CHUPANDO MANGA






Estava vindo por uma rua estreita e em ambos os lados desta, havia paredões que deveria ter uns 10 metros de altura. 
Estes paredões eram cobertos com lajotas de pedra. As casas desta rua ficam à altura destes paredões. Nisto vi um homem com um carrinho de madeira e em cima deste carrinho tinha uma grande tábua que deveria ter uns três por dois metros. Em cima desta tábua, aquele homem vendia verduras e frutas. Fui até ele para comprar frutas. Vi uma manga que tinha o formato de um carro. Esta manga deveria ter uns vinte centímetros de comprimento. Quis comprar aquela manga e o vendedor disse que custava seis reais. Achei a maga muito carro e comprei outras duas frutas por três reais. Quando fui pagar as frutas, o vendedor disse que faria a manga por três reais. Assim ficaria tudo por seis reais. Então aceitei, paguei ao tal homem e coloquei as frutas na sacola e fui indo embora. Resolvi então chupar a manga. Sai andando com a sacola pendura no braço e usando as duas mãos para chupar aquela manga.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS