Skip to main content

EU PASSAVA VOANDO ENTRE ELES

Eu estava num galpão que tinha vários cômodos fechados. Uma parte deste galpão era mais alta que a outra uns 20 centímetros. Ali era uma agencia dos correios. Eu procurava alguma informação, mas os carteiros andavam rapidamente de um lado para outro, entravam nestes cômodos e saiam sempre rapidamente. Eu tentava falar com eles, mas eles nada respondiam. Num canto deste galpão tinha umas 20 pessoas paradas, que também esperavam algo. Eu encostei o pé na parede fiz força e sai voando dentro deste galpão. Eu passava voando perto das cabeças das pessoas que estavam ali. Eu passava voando e dizia a elas que ninguém iria atender a gente, e que era melhor todos saírem voando. Depois fiquei pensando que não podia ensinar ninguém a voar, do contrário, seria uma confusão danada.



Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO