Sunday, September 7

BATENDO CARRO NA POEIRA

Estava num local, que não sei bem onde era. Havia duas pessoas do meu lado. Nisto eu sai correndo e estava neste caminho, sentado, o Henrique, marido da Jaqueline. Eu e ele não nos falamos. Quando eu passei por ele, ele me cumprimentou e disse que eu estava certo no que fazia. Mas ai, já não era o Henrique e sim, o Vitinho, meu irmão mais velho. Eu não disse nada, passei por ele e continuei andando. Depois peguei  um carro e sai por umas ruas que não sei onde ficam. Parecia um bairro que estava sendo formado, pois não havia casas, apenas as ruas. Eu dirigia indo de uma rua à outra. Fazia muita poeira, pois eu corria bastante. Nisto, ao entrar na poeira que eu mesmo tinha feito, não vi nada e o carro saiu da rua e bateu numa árvore que tinha no terreno ali. Sai lá de dentro rindo, não tinha sentido nada. Não havia ninguém por perto.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS