Friday, November 15

A CAPIVARA GIGANTE E SEUS FILHOTES





Estava em um local onde um pouco abaixo de mim havia um tanque de água.

Este tanque era redondo, deveria ter uns dez metros de diâmetro. Dentro deste tanque vi nadando dois filhotes de capivara que eram bem pequenos. De repente um dos filhotes foi atirado para cima e caiu na água e continuou nadando. O mesmo aconteceu com o outro filhote. Fiquei curioso com aquela cena e fui ver melhor para tentar entender como os filhotes faziam aquilo. Então vi nadando naquele tanque, sem vir a superfície, uma capivara gigante. Ela deveria ter o tamanho de um bezerro e imaginei ser a mãe daqueles dois filhotes. Esta capivara gigante nadava próxima a superfície da água. Então vi que quando os filhotes se seguravam nas costas dela, ela os jogava para cima. Os filhotes caiam e depois tentavam voltar para a mãe que os atiravam novamente. Tinha um homem perto de mim anotando alguma coisa em uma prancheta. perguntei a este homem o porque da capivara jogar os filhotes para cima. Ele disse que era assim que a mãe ensinava os filhotes a sobreviverem. Fiquei vendo aquela capivara gigante, que nadava muito rapidamente, a jogar os filhotes para cima.
Sempre volte.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS