Saturday, February 21

NO ALTO DE UM ANDAIME

Eu estava num local, que não sei bem o que era. Nisto eu, e mais algumas pessoas que estávamos ali, tínhamos que subir num andaime muito comprido, porém bem alto. Nós subimos quando chegamos lá em cima, tinha um bolo de aniversário. O Vitinho e mais algumas pessoas estavam lá. Ventava muito. O andaime começou a balançar. O Vitinho fazia uma espécie de oração para o bolo. Eu pedi para que andasse depressa, porque não precisava ficar tanto tempo rezando. Eu temia do andaime cair, e não escapar ninguém, pois estava muito alto e não parava de balançar. Nisto, depois de um forte balanço, ele começou a cair, caindo a parte de cima e a outra parte, acabou por encostar-se a uma pilastra de um grande galpão que tinha ali. Eu fiquei pendurado e procurei pelo Vitinho. Pensei que ele tivesse caído no chão. Mas ele estava pendurado nos canos que passavam naquela pilastra do galpão.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS