Monday, July 19

O BANCO DE ANA MARIA BRAGA


Estavam em um local, que parecia ser uma esquina de rua. Nisto chegou à apresentadora da Rede Globo, Ana Maria Braga. Ela chegou abanando a mão, para as pessoas que estavam por ali, como fazem as miss. Então disse para a pessoa que estava ao meu lado que eu havia depositado todo meu dinheiro, no banco Ana Maria Braga. A pessoa perguntou se não era arriscado, já que o banco era novo. Disse que não, pois a Ana Maria era famosa. Nisto ela se aproximou de mim, me deu um abraço forte. Depois saiu abanando a mão para as pessoas. O homem que estava ao meu lado, disse que ela estava era interessada em mim. Respondi dizendo que ela queria mesmo era só o dinheiro no banco dela. Nisto sai dali e fui para um galpão, onde havia algumas pessoas. Alguém chegou perto de mim e disse que eu precisava ligar para uma pessoa. Passou-me dois números de telefone. Um fixo e outro de celular. Peguei uma caixa quadrada, que deveria ter uns 20 centímetros por 20 e estava cheia de terra preta. Peguei um fone de ouvido, coloquei em mim, peguei o fio e enfiei na terra desta caixa. Depois peguei um vidrinho, que deveria conter um produto químico. Usando um conta-gotas, fui pingando ele na terra preta. A pessoa ao meu lado perguntou como funcionava. Disse que deveria pingar tantas vezes, quanto fosse o numero que eu queria discar. E comecei pingando. Só que saiu muito de uma vez. Nisto comecei a ouvir a “Voz do Brazil”, um programa do governo federal. Então disse que ao pingar errado, fiz uma ligação para Radio Brás. Fui até a entrada deste galpão, coloquei a caixa dentro da caixa do correio, para ver se melhorava a ligação. Nisto passaram quatro crianças e começaram a dizer que eu estava fingindo que falava ao telefone. Que era só uma brincadeira minha. Eu dizia que não era brincadeira, mas não conseguia falar com o numero que me foi passado.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS