Sunday, April 10

OS PESCADORES DE ÁGUA


Estava num local, perdido no meio de uma floresta. Estava olhando de um local que parecia uma ponte feita de rocha, isto debaixo da terra. Ali vivia uma civilização. Estava olhando aquelas pessoas e ouvindo alguém falar sobre eles. Eles trabalhavam e o único serviço que tinha ali, era pescar água. Eles recebiam pagamento por isto, como numa cidade da superfície. Isto porque onde eles viviam, não havia água. Então, os trabalhadores, usando uma vara de bambu, com um cipó bem comprido amarrado na ponta desta vara, simulando uma vara de pescar, que tinha na outra extremidade um artefato feito de pedra, achatado, cortado por dentro, simulando uma caneca de pedra retangular. O trabalho era jogar aquele artefato por uma fenda que tinha em uns enormes rochedos. Depois puxavam este “caneco”, que vinha com água. O caneco era achatado, para caber na fenda da rocha. Eles trabalhavam 24 horas, para conseguir manter água disponível para todos. E viviam como as pessoas vivem nas cidades mesmo. Fiquei olhando aquelas pessoas pescarem água e me perguntando por que eles não subiam a superfície para busca-la. A tal pessoa que falava ao meu lado, disse que não tinha como eles subirem, pois estavam presos ali. Então perguntei como a gente chegou ali. Ele disse que a gente também fazia parte daquela civilização e não tinha como saímos dali.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS