Saturday, July 16

FUGINDO PELO ESTREITO BURACO


Vinha por um corredor correndo de alguém. Entrei em um cômodo onde não havia janelas. Nisto a porta fechou e fiquei preso dentro deste cômodo. A única luz que tinha vinha de um pequeno buraco na parede, rente ao chão, que deveria ter uns 10 centímetros de altura e 20 de largura. E havia três pequenas barras de ferro, neste buraco, como se fosse uma grade, nisto ouvi alguém tentando abrir a porta. Pulei no chão e com esforço grande, querei as três barras de ferro que tinha naquele buraco e fui pensando que seria possível passar por ali. Fui tentado passar a cabeça e não sei como, fui passando por aquele pequeno buraco, até que cheguei do outro lado. Ao sair, vi que a pessoa que corria atrás de mim, vinha também passando por aquele buraco. Fiquei pensando como ela conseguia passar por ali. Sai correndo, entrei numa mata fechado e me perdi no meio da densa mata.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS