Skip to main content

OS NÚMEROS





Estava em um local parecendo ser uma praça. Era noite.
Caminhava de cabeça baixa e com as mãos nos bolsos. Nisto passei por uma pessoa que foi me dizendo vários números. Alguns eu entendi. Esta pessoa dizia: 75, 88, 93, 40, 27, 19. Outros números que ele dizia eu não conseguia lembrar. Fui repetindo os números para não esquecê-los e assim poder jogar na loteria. Caminhando vi que tinha uma agência lotérica aberta, Fui até la e fiz o jogo. Assim que joguei a moça disse que já podia conferir o bilhete. Pedi a ela para conferir então. Ela fez a leitura dele na máquina e disse que não tinha dado nada. Peguei o bilhete e o coloquei no bolso e fui embora.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO