Sunday, March 30

DESCENDO DE MACA






Estava em um local, que parecia ser uma empresa. estava no segundo andar de algo que estava sendo construído. 
Esta construção era quadrada e deveria ter uns 3 metros cada lado. Não tinha paredes ainda e o acesso de um andar para outro era por escada tipo marinheiro. Estava neste segundo andar com uma pessoa que havia se machucado ali e já estava presa a uma maca. A gente tinha que descer esta pessoa. Havia outras duas pessoas comigo. Fomos descendo com cuidado esta pessoa, pela escada marinheiro, de um andar para o outro até chegar ao térreo. Esta pessoa fazia muitas caretas como se estivesse sentindo dor. Quando chegamos ao térreo esta pessoa já era uma criança que deveria ter um ano aproximadamente. Ela começou a chorar. Coloquei a maca em pé, para que a criança ficasse na minha altura e comecei a dar tapinhas na maca, simulando estar dando tapinhas nas costas da criança, dizendo para ela que ia ficar tudo bem. Ela então parou de chorar e saímos dali para levá-la ao pronto atendimento.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS