Skip to main content

O ATAQUE DA LIBÉLULA

Estava em uma casa, num cômodo onde havia um buraco pequeno na parede. Este buraco não vazava. Dentro deste buraco havia uma libélula vermelha, atacando um lagarto verde, deste de folha de couve. A libélula mordia o lagarto. Peguei meu chinelo e taquei neles. Mas o chinelo não acertou, mas fez com que a libélula voasse. Eu peguei o chinelo e fiquei tacando na libélula, mas não acertava ele de jeito nenhum. Nisto ele veio voando em minha direção. Sai correndo pensando que se ela me aferroasse eu ficaria paralisado.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO