Skip to main content

O TAMANHO DO PÉ

ESTAVA NO QUE SERIA UM CAMPO ABERTO PRÓXIMO A UMA FLORESTA. ESTAVA NO QUE SERIA UMA CASA DE UM SÍTIO. ESTAVA DO LADO DE FORA DESTA CASA, TIRANDO MEDIDA PARA SABER QUAL ERA O NÚMERO DE SAPATO QUE EU CALÇAVA. COLOQUEI OS PÉS EM UMA PEÇA QUE BRANCA E TRANSPARENTE FEITA DE PLÁSTICO FINO. NA FRENTE ERA IGUAL A UM SAPATO. A PARTE DE TRÁS ERA COMPRIDA E PARECIA UM CHINELO COM VÁRIOS NÚMEROS MARCADOS. ONDE O CALCANHAR DA GENTE FICASSE ESTE SERIA O NÚMERO QUE A GENTE CALÇAVA. COLOQUEI AQUELAS PEÇAS E NÃO OLHEI QUAL SERIA MEU NÚMERO, MAS SAI ANDANDO COM AQUELAS PEÇAS COMO SE FOSSEM SAPATOS.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO