Friday, June 13

FUGINDO DO CACHORRO ATIRADOR

Eu estava num local, onde eu entrei numa espécie de corredor, que tinha uns 4 metros de largura e era muito comprido. Ele era coberto, mas eu não via nada dos lados. Fui ate o final do corredor e não tinha saída. Então fui voltando e aproximadamente na metade do corredor vi duas portas bem grande. Eram da Caixa Econômica Federal. Então vi algumas mulheres sentadas numa mesa tomando café. Eu tentei entrar na porta, mas não consegui abri-la. Chamei mas ninguém me atendei, Fui indo embora, quando cheguei num local fora do corredor, bem amplo e lá na frente tinha o portão de saída. Quando eu caminhava em direção ao portão, veio correndo em minha direção um cachorro pastor alemão, bem grande. Ele atirou uma esfera bem grande, em mim. Eu peguei um barril, destes pequenos, que eles cortam ao meio para faze de lixeira e me defendi. Eu tentava ir em direção ao portão de saída. O cachorro pegava a esfera e ativa em mim novamente. Eu me defendi segurando este barril na frente do rosto. Mas a esfera nunca me acertava. Até que a esfera caiu perto de mim e eu a peguei. Então o cachorro começou a tirar em mim uma espécie de pino. Mas não me acertou também. Então o cachorro tirou de uma maleta uma espécie de arma que atirava estes pinos. Ele então me disse que eu não sairia dali de jeito nenhum. Eu então disse a ele para parar, que eu me entregava, pois com aquela arma ele poderia me matar. O cachorro ficou de pé igual a um homem e começou a rir.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS