Skip to main content

CONVERSANDO NO SALÃO

Estava num salão grande, conversando com uma pessoa. Neste salão não havia nenhum móvel. Tinha um homem, que toda vez que alguém falava algo, uma voz que não sei de onde vinha. Ele saia correndo. Era como se recebesse um comando e fosse executar. Ele fez isto umas quatro vezes. Eu continuava conversando, mas não ouvia minha voz, apenas a voz que mandava este homem fazer alguma coisa. Mas eu não entendia o que a voz dizia.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO