Skip to main content

NESTA LONGA ESTRADA DA VIDA

Estava em um local, que não sei onde era. Estava dentro de um carro. Dirigia por uma estrada reta e plana, que parecia não ter fim. Via o céu no horizonte, se encontrando com esta estrada, tão longa e plana que era. Quanto mais eu dirigia, mas a estrada parecia crescer. Até que esta estrada chegou num cruzamento com outra estrada, que também era reta, plana e longa. Tinha quatro opções, seguir em frente, voltar, ir para esquerda ou direita. Fiquei parado no cruzamento, não via carros, nem pessoas e nenhuma planta. Era como se fosse um deserto.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO