Sunday, July 20

SALVANDO OS CACHORRINHOS






Estava em um local que parecia uma praça pública, mas fechada. Estava anoitecendo.
Caminhando por esta praça, vi um quadrado grande, feito de tubos, iguais aqueles que ficam em parques infantis, para crianças subirem e ficarem brincando ali. Em cima deste quadrado havia um piso só que o centro deste era vazado, para que se pudesse subir em cima, quem estivesse escalando o quadrado. Vi que tinha colocado de cada um dos lados deste local vazado, em cima daquele piso, as duas poltronas que eu tinha. Foi eu quem pediu para colocar as poltronas ali. Vi então que estava sentado em cima de uma destas poltronas, um homem com um cachorro grande no colo. Não gostei de ver o tal homem sentado em minha poltrona e fui reclamar com quem tinha colocado as mesmas ali. Nisto vi dois cachorros pequenos, tentando se segurarem nos tubos daquele quadrado. Eles estavam tentando subir para onde estava o homem com aquele cachorro. Como o quadrado era alto, os cachorrinhoss não se soltavam e também não conseguiam subir. 
Fui até lá e perguntei aos cachorros se eles queriam ajuda. Eles disseram que não, estava tudo bem. Perguntei se eles não estavam  conseguindo sair dali, pois eu podia ajudar, mas eles disseram que estava tudo bem. Então, quando fui saindo um dos cachorros disse que realmente, não conseguiam sair dali. Subi até lá, peguei o primeiro cachorro e estiquei a mão para baixo para soltá-lo em um monte de areia que tinha próximo ao quadrado. E assim o fiz. Ao cair na areia o cachorro ficou chorando. Veio uma pessoa, pegou o cachorro e perguntou se eu estava "doido" jogando o cachorro daquele jeito, pois ele podia se machucar. Esta pessoa saiu com o cachorrinho no colo. Peguei o outro  e desta vez fui ao mais próximo do chão para soltá-lo. Quando o fiz ele agradeceu e saiu correndo. Subi em cima do quadrado para pedir ao tal homem para sair de minha poltrona, quando o cachorro grande que estava com ele, olhou nos meus olhos e disse que iam ficar ali e era para eu ficar quieto. Com medo do cachorro, desci dali e fui embora.

APAIXONE-SE

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS