Friday, August 1

BIAL NA PERNA DE PAU


Estava na rua em frente à casa da minha mãe. Havia uma mulher no alto de uma perna de pau, presa apenas a sua perna esquerda. O apresentador Pedro Bial estava com a outra perna de pau presa a sua perna direita. Elas tinham uns 3 metros de altura. E preso, amarrado na cintura dos dois, havia uma bambu de uns 4 metros, que fazia os dois ficaram separados. Amarrado no meio deste bambu estava eu. Eu segurava o muro da casa da minha mãe para não cair. O Pedro Bial ria muito e dizia que não era para eu ter medo. Eles tentavam-me puxar. Até que conseguiram e ficaram equilibrando nas pernas de pau, e eu preso ao meio. Eles tentaram andar e saíram meio que cambaleando, pois tinha que andar juntos senão Caiam. Eles saíram andando sem jeito e eu pedindo para parar. O Pedro Bial ria muito. Depois Fui para uma casa, que não sei onde era. Havia uma mesa comprida que fazia várias curvas para um lado e outro. Esta mesa tinha uns 50 centímetros de altura. Eu peguei uma tigela e fui pegar algo para comer. Uma mulher colocou nesta tigela bastante feijão com muito caldo. Sai andando com cuidado, mas derramava o feijão, pois não conseguia equilibrar a tigela. Entrei numa outra sala, e a Jaqueline estava sentada à mesa. Ela então me disse que era para eu pegar um pedaço da carne que estava no prato dela. Eu disse que não queria. Ela insistiu dizendo que tinha muita carne ali.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS