Sunday, August 3

COLANDO ESPUMAS NA PAREDE

Estava num local, que parecia um curral, só que todo fechado. Nisto vi um homem segurando um feixe de feno. Eu pedi a ele que me entregasse, pois aquele feno, não pertencia a dele. Ele me entregou, Eu peguei e depois devolvi a ele o feno. Nisto vi outro homem dentro da local onde se guardava o feno. Este homem fechou a porta passando uma corrente nas grades e fechando com cadeado, só que ele ficou do lado de dentro. Eu então fiquei pensando que ele não era o domo e que deveria estar ali para pegar o feno que não era dele. Fui para um cômodo, onde eu colocava uma espécie de espuma em toda a parede. Parecia colchão, só que mais fino. Eu ficava colando, e quando terminava via que o primeiro já estava descolando da parede. Depois vi que em uma parte que não tinha colchão, alguém estava furando a parede, do outro lado, usando uma broca. Eu fiquei olhando. Foram dados dois furos. Depois, quem estava furando chegou os olhos nos furos para ver. Eu então aproximei dos furos e deixei que a pessoa me visse, A pessoa olhou e rapidamente tirou os olhos. Depois vi que a pessoa estava colocando massa nos buços, para tampá-los.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS