Tuesday, June 30

A SOMBRA QUE QUERIA ME PEGAR

Vinha de trás da casa, para o terreiro da casa da minha mãe. Só que estava tudo invertido. O corredor atrás da casa da minha mãe fica a direita de quem entra, mas ali estava a esquerda. A casa estava do lado ao contrário. Estava meio escuro. Saindo de trás da casa e chegando ao terreiro, vi um objeto redondo com uma imagem de um monstro no centro. Nisto uma sombra saiu deste objeto e veio em minha direção dizendo que iria se grudar na minha sombra e nunca mais sairia dali. Quando ela se aproximou dos meus pés, peguei uma faca que estava ali no chão, e finquei-a no chão, em cima da sombra. Esta sombra ficou presa, tentando sai. Sai correndo e fui para trás da casa, onde encontrei o Carlos Magrelo, que trabalhou comigo na Rede. Disse a ele que uma sombra queria me pegar. Ele começou a rir e disse que ia ver o que era. Eu disse que ele podia ir, porque eu iria embora, porque minha sombra ela não pegava. E fui para o jardim da casa da minha mãe.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS