Skip to main content

SER FAMOSO



Estava indo por um quarteirão fechado, abraçado com a Nathálya. Passamos por um carro estacionado neste quarteirão fechado, onde três homens vendiam cachorro quente. 
Quando chegamos à Rua Goiás, eu deveria ir para a esquerda e a Nathálya para a direita. 
Então disse a Nathálya que iria com ela até onde ela iria e depois voltaria. Seguindo abraçado com ela, alguém chegou perto de mim, oferecendo canetas. 
Eu disse que não tinha dinheiro. O vendedor disse que eu não precisava pagar nada. 
Então virei para a Nathálya e disse que o bom da vida, era ser famoso.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO