Sunday, May 8

NO BECO FUGINDO DO MONSTRO


Estava numa rua à noite, entrei num beco entre dois prédios. Este beco era estreito. Eu vinha com um cachorro, trazendo-o pela coleira. Nisto vi um animal estranho dentro do beco. Logo à frente o beco virava a direita e depois de subir três degraus, havia pequena porta feita de grade. Apressei para passar logo pela porta e fechar para o bicho não me pegar. No momento em quem comecei a andar rapidamente, meu celular tocou. No atender o celular, fui mais lento ao andar. Mas foi a conta de passar pelo portão de grade e fechá-lo, que o tal bicho chegou e quase me pegou. Continuei andando e já estava de volta no inicio do mesmo beco. Entendi que não podia passar pelo portão. Fui pelo beco novamente, quando vi um homem ali, e achei-o meio suspeito. Fui correr dele, para passar pelo portão. Nisto meu celular tocou novamente. Tive dificuldades de chagar ao portão, puxando o cachorro. Mas passei e fechei o portão, mas percebi que o tal homem podia abri-lo. Sai correndo, e o cachorro correu atrás de mim.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS