Monday, February 6

ARMÁRIO DE HOSPITAL

Estava num local, que seria o quarto de um hospital. Minha mãe estava em pé perto da porta. Estava ao lado da enfermeira. Na nossa frente havia um armário, bem estreito, com uma única porta de vidro. Dentro deste armário, havia várias pequenas prateleiras. Em cada prateleira havia um órgão do corpo humano. Todos de feitos de plásticos. Havia um coração, um fígado, dois rins, o baço. A enfermeira dizia para mim que teria que tirar o coração da minha mãe. Que não daria mais para ela ficar com ele. Minha mãe então disse que podia tirar que não tinha problema. Que ela já sabia que isto teria que Sr feito. A enfermeira então abriu o armário e tirou o coração lá de dentro. Ao retirar o coração, que seria o da minha mãe, minha mãe caiu não chão. A enfermeira virou para mim e disse que o que estava feito, estava feito, que não tinha mais volta.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS