Monday, May 18

VOLTANDO NO TEMPO

Estava chegando à Nova Viçosa, na Bahia, só que era por volta de 1950. Não havia nenhuma casa. Só um imenso terreno de terra batida. Eu, a Jaqueline, o Sr. Ary e um menino por volta de 12 anos. A gente estava em uma barraca. Várias pessoas iam chegando, parando o carro ao lado, desciam do carro e começavam a dançar. Eram assim que elas demarcavam seus lotes, onde iam construir suas casas. Foi só chegando gente de todo tipo, tinha até chinês, Todos na frente do lote dançando e todos com um carro, só nós que estávamos em uma barraca. Então disse para a Jaqueline que era melhor estar na barraca mesmo, pois se chovesse a gente não molhava. Depois pensei e disse que dentro do carro também não chovia. Lá fora, vi um pouco distante, um barzinho, que já estava cheio de gente e era o único local que se vendia alguma coisa. Então sai para ir até lá, comprar um doce. Nisto vi este menino de 12 anos, escovando os dentes numa pia que tinha ali, no meio daquele terreno de terra batida. Perguntei a Jaqueline quem era ele. Ela disse que era o futuro namorado da Iara, que não era eu. Então disse a Jaqueline, que ela podia tirar um retrato meu ali, para no futuro eles verem e saber que era eu. Ela disse que não adiantaria, pois estava ali comigo e saberia. Então disse a ela, para a gente voltar no passado, ela tira uma foto minha e no futuro ficariam perguntando quem seria eu. Mas ela disse que não iria para o passado comigo.

No comments:

Post a Comment

VIVER EH A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS