Skip to main content

CARREGANDO MUITAS COISAS

Estava num corredor aberto, em cima de um edifício. Estava carregando muitas coisas. Carregava uma criança pendurada, carregava varias coisas penduradas no ombro, presa a cintura e nas duas mãos. Tinha que subir uma pequena escada, que fiz com dificuldades. Depois tive que descer outra e quase não conseguia, porque tinha uma espécie de tanque com água. Eu temia cair nesta água, ou deixar a criança ou mesmo alguma coisa cair lá dentro. Mas com dificuldades consegui descer a escada sem cair no tal tanque. Mas havia ali algumas pessoas, que estavam pulando dentro deste tanque. Não entendi o motivo pelo qual faziam isto.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO