Skip to main content

A GOTA FATAL


Estava num local, que parecia ser uma sacada de um prédio. Estava segurando um copo na mão, que dentro tinha três gotas de mel. Duas gotas eram boas, mas uma tinha veneno. Meu pai estava perto de mim, me obrigando a tomar a gota que tinha veneno. Com uma colherinha de café, peguei a gota boa e tomei, depois peguei a outra e tomei. Mas hesitava em tomar a gota com veneno. Meu pai então começou a me enforcar, exigindo que eu tomasse a gota envenenada. Eu não consegui respirar direito.  Estava me sufocando e eu pedindo para ele parar, que eu tomaria a gota de mel envenenada. Ele me soltou. Então tomei a gota envenenada. Ao tomar, comecei a ficar com falta de ar, não estava conseguindo respirar. Fui caindo não chão, sem consegui respirar, olhando para meu pai que só me olhava e nada fazia.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO