Skip to main content

O SUMIÇO DO BONÉ


VINHA POR UMA RUA ONDE SÓ HAVIA MUROS EM TODA SUA EXTENSÃO. NÃO VIA AS ENTRADAS DAS CASAS E NEM AS CASAS. SOMENTE A RUA E OS MUROS. ESTAVA ANOITECENDO. VINHA CHATEADO PORQUE ALGUÉM TINHA PEGO MEU BONÉ. NÃO CONSEGUIA ENCONTRÁ-LO. DEPOIS DE SAIR DESTA RUA COM MUROS, ENTREI EM OUTRA ONDE VI ALGUMAS PESSOAS. PERGUNTEI A ESTAS PESSOAS SE TINHAM VISTO MEU BONÉ. NENHUMA DELAS SABIA DELE. FUI INDO EMBOTA CHATEADO, DIZENDO QUE NÃO USARIA BONÉS.

Comments

Most visited posts

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

A JANELA DE VIDRO

FIM DE SEMANA NO SÍTIO

TROCANDO A FRALDA DA CRIANÇA

DE JOELHOS NO CHÃO

SUBINDO O MORRO

ATRAVESSANDO OS FILHOTES DE CACHORRO

A CHUVA. OS CEM REAIS E A GOSTOSA DA JAQUELINE

REBOCANDO A PAREDE

BUEIRO ENTUPIDO